Revista Photoshop Creative para iPad. Download gratis

Tablet, a peça íntima do seu computador

Postado por Mario Amaya em 16/07/2009 às 05h 54min

Muitos profissionais de foto e imagem preferem tablet em vez de mouse para trabalhar. O curioso é que as configurações variam muito de pessoa a pessoa, a ponto de serem incompatíveis. Por Mario Amaya



Há poucos meses a Wacom lançou seu novo modelo de tablet profissional, Intuos4. O produto está disponível em quatro tamanhos, que vão desde um portátil o bastante para acompanhar um notebook até um tão enorme que você precisa inventar um lugar novo para instalar o seu teclado.

A variedade de tamanhos e possibilidades de configuração atende a artistas com estilos de trabalho muito diferentes. Podemos até afirmar que o tablet (ou a tablet, como insiste em dizer o povo mais novo do ramo) é a peça mais íntima do computador. Por regra, ninguém sequer consegue usar tablets de outras pessoas sem mexer completamente nas configurações.

Meu primeiro contato com tablets foi em 1996. Eu trabalhava na divisão de Internet da Abril, num Power Mac 9100. Certo dia, o mouse pifou. Naquele tempo remoto, conseguir obter um simples mouse da Apple era uma verdadeira odisseia. A única coisa que o almoxarifado tinha para substituí-lo era um Wacom primitivo. Topei o desafio. Nunca mais olhei mais para trás. Tenho um mouse ótimo, mas às vezes passo meses inteiros sem tocar nele. Faço tudo com meu surrado e valente Intuos3.

Desde o tempo em que tablet levava o nome de "mesa digitalizadora gráfica com caneta", existem artistas que precisam de áreas enormes para poder traçar gestos amplos, que empregam o braço inteiro. A maioria das pessoas, porém, não é desse tipo. Seu traço tem amplitude mais discreta e controle motor fino. Pessoalmente, sempre me dei bem melhor com tablets menores configurados no chamado mouse tracking, aquele modo de alta sensibilidade que não precisa de muita área para funcionar, pois nele o posicionamento do cursor não é absoluto. Você pode reposicionar a caneta sobre a superfície sensível, entre cada traço e o seguinte, da mesma maneira que fazemos intuitivamente com um mouse sobre uma mesa ou com os dedos num trackpad. Portanto, essa maneira de usar é adequada para tablets de menores dimensões.

Aproveitando a deixa, eis uma dica para quem usa tablets de tamanho médio e pequeno. O meu Intuos3 é o "médio", o segundo menor da linha. Às vezes acontece de eu precisar arrastar um item ao longo de uma janela extensa do Photoshop, e a área sensível do tablet acaba terminando no meio do caminho, interrompendo o movimento. É ridículo e frustrante. Mas no Photoshop você pode evitar totalmente esse inconveniente. Basta segurar a tecla Shift ao fazer qualquer movimento de arrastar mais longo. Com a tecla Shift, o movimento acelera. Solte o Shift para retornar ao ritmo normal de rolagem.



TAGS    photoshop   periférico   tablet   dica


ARTIGOS SEMELHANTES

Photoshop Creative 70
em Revista 09/12/2014 19h00

Photoshop Creative 69
em Revista 11/11/2014 20h48
Photoshop Creative 68

Nesta Edição Photoshop Creative Edição 68 Programas 3D x photoshop O que cada software tem de melhor na visão dos experts em cg Website retrô ...

em Revista 15/09/2014 13h14




Deixe seu comentário
QUER UM AVATAR? Faça seu login ou cadastre-se

O comentário está desabilitado, para enviar um comentário você deve fazer login!

Últimas postagens Mais lidas


em ,


em ,